Sábado, 29 de Outubro de 2005

Pulp - Countdown





No post anterior falei-vos da Nuphonic e do meu fascínio pela electrónica. Convém agora, apresentar-vos o culpado. Não será este tema o único culpado pelo meu interesse na electrónica, como é claro. No entanto, o que é certo é que agarrei esta colectânea de singles dos Pulp - COUNTDOWN (1992 – 1983), com o intuito de investigar o inicio de carreira dos criadores da Disco 2000, e fiquei agarrado a este tema, Countdown, que é uma verdadeira pérola, para admiradores de Pulp. Os sintetizadores característicos dos anos 80, rivalizam num duelo divertidíssimo, com esse enorme contador de estórias que é Jarvis Cocker. E lá segue o homem dizendo; “Time of my life, i think it camed too soon, it camed too soon, and it could be tonight, if i ever leave this room, i never ever leave this room...”







publicado por astropastor às 00:15
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Anónimo a 1 de Novembro de 2005 às 04:30
Existe uma grande versão mais rock desse tema, blacksheep. So queria era descobrir quem a fez...astropastor
(http://perolas.blogs.sapo.pt)
(mailto:astropastor@sapo.pt)


De Anónimo a 31 de Outubro de 2005 às 14:49
Os Pulp é caso para dizer "aos anos..." os velhos tempos a beber umas "jolas e fumar uns..." ao som de Pulp. Para mim a verdadeira pérola é o clássico Common People.

(...) She told me that her dad was loaded, I said, 'In that case I'll have a rum and coca-cola', she said 'fine' and in thirty seconds time she said, 'I want to live like common people, I want to do whatever common people do, I want to sleep with common people, I want to sleep with common people like you'. (...)

blacksheep
(http://perolas.sapo.pt)
(mailto:blacksheep@sapo.pt)


De Anónimo a 30 de Outubro de 2005 às 02:16
Estou estupefacto contigo André, não te sabia conhecedor dos Pulp. Quanto ao blacksheep, resta saber se ele se quer meter por ai.astropastor
(http://perolas.blogs.sapo.pt)
(mailto:astropastor@sapo.pt)


De Anónimo a 29 de Outubro de 2005 às 03:18
Grande banda. Com um estilo muito próprio e uma mistura requintada bem conseguida dos sintetizadores! Mesmo assim continuo a preferir a Disco 2000! :)
A capa deste álbum fez-me lembrar um tema bastante interessante para o nosso amigo blacksheep. "A importância das novas tecnologias no panorama musical" que beleza que era! :D
Um abraço!André Carita
(http://cinesphere.blogs.sapo.pt)
(mailto:putomaravilhas@hotmail.com)


De O Puto a 24 de Março de 2006 às 13:22
Acho que só refinaram a composição a partir de His'n'Hers, atingindo o apogeu em "Different Class" (qq tema dava um excelente single), mas as letras de JC sempre foram qq coisa do outro mundo.


De astropastor a 28 de Março de 2006 às 02:49
Mas esta compilação dos primeiros anos dos Pulp é um achado. Comprei no Continente.


Comentar post

..about

música, cinema, publicidade, comunicação, moda, design, política, sociedade...


Create Your Badge

.mix tape

.tags

. todas as tags

.links

++++

.arquivos

.subscrever feeds